A arte de personalizar o relacionamento

0
630

Algumas pessoas se destacam pela simplicidade de suas atitudes, em fazer o que podemos chamar de básico, o que aprendemos quando ainda éramos crianças. Alguns bons exemplos: dizer por favor, obrigada, desculpe, chamar pelo nome, ser pontual nos compromissos assumidos, realizar o que prometeu, avisar com antecedência potenciais dificuldades, devolver o que pegou emprestado.

Personalizar passa por gostar de gente, considerar o outro como importante, querer fazer mais e melhor, surpreender, inovar, buscar dentro de você uma alternativa inusitada, é querer contar uma nova história e ter o maior orgulho em dizer a si mesmo: eu criei, eu fiz, eu consegui. Se autorreconhecer e ter orgulho de quem você é e aonde conseguiu chegar.

Em um mundo cada vez mais digital, onde estamos conectados muitas horas/dia, métricas de sucesso como seguidores, curtidas e views definem, algumas vezes, tendências e sucesso. Considero que precisamos estar presentes no presente, então o entendimento deste momento de tecnologia é fundamental para que possamos estar atualizados e preparados, porém com equilíbrio e harmonia.

 

Em tempos de peta bytes, inteligência artificial, redes sociais, personalizar de forma humana é um desafio, mas quem sabe você ainda consiga marcar a vida de alguém por uma palavra, um sorriso, um gesto, uma lembrança importante, um suporte no momento da necessidade. Reveja a possibilidade de visitar ou ligar para aquela pessoa querida no aniversário, escrever um bilhete à mão para agradecer um favor ou uma chamada por vídeo para parabenizar por algo bem feito.

Algumas perguntas para reflexão:

  • Eu realmente cumpro todas as minhas promessas e compromissos?
  • Tenho feito efetivamente o suficiente ou tenho surpreendido?
  • Quantas vezes peço desculpas e quantas vezes digo obrigada?
  • Quanto estou sendo conhecido e reconhecido?
  • Quais são os meus diferenciais, meus pontos fortes?
  • Quanto sou melhor do que fui ontem?
  • Qual a minha capacidade de criar e manter relações?
  • Quanto estou personalizando a comunicação com os meus clientes?
  • Eu sei realmente como o meu cliente e líderes me enxergam?

Deixo aqui um convite para você fazer algo de muito especial e marcante para alguém hoje!

E para inspirar a todos que gostam de gente, deixo aqui um vídeo do professor Barry White Jr., de Charlotte/ EUA, que merece todo meu reconhecimento pela forma como estabelece o contato com os seus alunos, ou, poderia dizer, aqueles que se tornarão seus fãs, que o promoverão a ser uma das melhores recordações da infância, aquele que estabeleceu um parâmetro absolutamente diferenciado de atenção e personalização. Acesse em https://www.youtube.com/watch?v=VctaUNJpT6U

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAutores recebem certificado durante lançamento de Liderança com Base nas Soft Skills
Próximo artigoPensamento Sistêmico teve lançamento em 25 de julho
Administradora de Empresas, MBA de Tecnologia da Informação pela FGV e formação de Personal & Professional Coaching pela SBC. Mais de 20 anos de trabalho em empresas de grande porte e com experiências diversificadas, como gerenciamento de operações, desenvolvimento de negócios, comunicação, vendas, marketing e alianças. Executiva de Marketing. Escritora no livro Mulheres do Marketing, da Editora Leader, e colunista no Jornal Leader.