Beleza da experiência atrai com graça a energia masculina

0
497
Alice: "É com a experiência que se realça o doce paladar da vida"

Por Alice Schuch

 

“É muito belo verificar como grandes homens sentem e cantam através do olhar masculino a beleza, o poder e a graça das mulheres e o seu potencial de ação superior”, cita a palestrante e especialista sobre o universo feminino Alice Schuch. Para exemplificar, ela lembra importantes nomes da história, como o do maior poeta de todos os tempos e escritor Dante Alighieri (1265 a 1321) e o de seu personagem Virgílio na obra “Divina Comédia”.

Tem-se que o momento mais significativo da infância de Dante ocorreu no ano de 1274, quando o menino, então com nove anos, encontra uma menina, poucos meses mais nova do que ele. Dante começa a tremer violentamente e a impressão é tão profunda que, a partir daquele momento, a pequena Beatriz torna-se a musa inspiradora do futuro poeta, “a gloriosa senhora da minha mente”, transformando-se na primeira mulher da poesia italiana.

“Lê-se na obra La femminilità come sesso, potere e grazia, de Antonio Meneghetti, que essa supremacia da mulher existe como intencionalidade da natureza e grandes homens a veem, cabe a nós mulheres evidenciá-la através de ação histórica eficiente”, destaca Alice Schuch.

Como ação histórica eficiente, a pesquisadora enfatiza o prazer único experimentado pela mulher madura, com mais de 50. Na visão dela, é com a experiência que se realça o doce paladar da vida. E, por isso, a fase da maturidade é interpretada por Alice como a “fase da sobremesa”.

“Em certo sentido podemos afirmar que o personagem Virgílio encoraja seu autor Dante a buscar o sucesso na fase sobremesa, evocando os olhos de Beatriz, cujo olhar, ao longo da obra La  Divina Commedia, interpreta o papel de energia celeste comunicadora e também de consciência purificadora levada ao poeta. A luz desse olhar evoca a imagem do ‘fogo divino’, fonte de luz para o viandante.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorÉ hoje o lançamento de “Superação – Histórias de pessoas determinadas a vencer limites”
Próximo artigoConfira como foi o lançamento de “Superação – Histórias de pessoas determinadas a vencer limites”
É brasileira, doutora em Ciências da Educação - Universidad de Desarrollo Sustentable - UDS. Mestre em Ciencias del Educación pela Universidade Del Mar (Chile). Especialista em Psicologia com Endereço Ontopsicológico pela Universidade Estatal de São Petersburgo (Rússia). Especialista em Políticas Públicas em Gênero e Raça pela Universidade Federal de Santa Maria – UFSM (Rio Grande do Sul, Brasil). Pós-graduada em Psicopedagogia pela Universidade Castelo Branco (Rio de Janeiro, Brasil). Possui MBA Business Intuition pela Antônio Meneghetti Faculdade (Recanto Maestro, RS, Brasil) e MBA La Business Intuition Del Made in Italy pela FOIL Itália (Milão, Itália). Atuou na Antônio Meneghetti Faculdade como responsável pelo setor Responsabilidade Social, Coordenação Pedagógica e Ouvidoria. Autora de "Mulher: Aonde vais? Convém?" e “Contos de Alice”, fatos da vida real vivenciados por Maria Alice Schuch que ilustram sua pesquisa exposta em diversos eventos e congressos no decorrer dos últimos anos: Seminário FOIL São Paulo (Brasil, 2002); Faculdade de Psicologia da Universidade Estatal de São Petersburgo (Rússia, 2003); Congresso Internacional Ontopsicologia e Memética em Milão (Itália, 2003), que se encontra publicado na obra homônima, de Antônio Meneghetti. A pesquisa também abrangeu a participação da autora no International Congress Business Intuition, realizado em Riga (Letônia, 2004); no XXI Encontro Nacional dos Women’s Clubs em Canela (Brasil, 2006); no evento de premiação da Fondazione di Ricerca Scientifica ed Umanistica Antônio Meneghetti em Genebra ( Suíça, 2011). No encontro “Brasil do Milênio” realizado na sede do Conselho Econômico, Social e Ambiental da República Francesa em Paris (2012), a autora participou do grupo de pesquisa da Antônio Meneghetti Faculdade. E, ainda, no 41º Encontro da Sociedade Brasileira de Psicologia em Belém (Pará, 2012), ocasião na qual foi apresentado o Projeto Mulher do Milênio, grupo de estudos da Antônio Meneghetti Faculdade referente ao 3º Objetivo do Milênio da ONU: “Igualdade entre os sexos e autonomia das mulheres”.