Desafio do terceiro milênio à mulher: construa o seu cartão de visita!

0
719

É muito importante que as mulheres líderes, de acordo com o interesse pessoal de cada uma, participem desta verdadeira maratona olímpica denominada Terceiro Milênio. Trazer algumas coordenadas, indicações concretas para facilitar uma competente e efetiva liderança histórica das mulheres dialogando com você, leitora, é o meu objetivo.

Muitas vezes o nosso erro como mulheres é partir do pressuposto de sermos inferiores, porém, o estilo de feminilidade baseado em uma frustração histórica, social e econômica realmente não nos levará ao sucesso.  Não nos convém negar-nos, repetidamente, com base a perdas no passado.

Ocorre ter clareza da própria posição sem perda de tempo. A partir disso, pensar continuamente ao próprio interesse e desenvolvimento pessoal, tendo a coragem de experimentar aquilo que parece o melhor no momento e depois verificar a cada dia, mudando o rumo quando necessário for.

A natureza dotou as mulheres de uma energia explosiva e vencedora, porém, não raro, sentimo-nos divididas, ambivalentes quanto às nossas atividades como mulher, mãe, empreendedora. Parece-nos difícil exercitarmos um egoísmo vital constante de modo a desenvolver estratégias para a realização pessoal, satisfação do próprio viver e do próprio fazer profissional.

São passagens técnicas: algumas ações nos convêm, outras não nos convêm. É uma questão de escolha. As leis hoje nos são favoráveis, tudo depende de onde queremos chegar e do esforço que estamos dispostas a empreender. Quando desejamos algo é necessário que saibamos agir de modo a conquistá-lo com decisão e competência competitiva.

Alice Schuch, pesquisadora, escritora e palestrante do universo feminino

COMPARTILHAR
Artigo anteriorVeja-Rio destaca livro de Renata Abreu
Próximo artigoAutogestão de carreira – Você é o produto!
É brasileira, doutora em Ciências da Educação - Universidad de Desarrollo Sustentable - UDS. Mestre em Ciencias del Educación pela Universidade Del Mar (Chile). Especialista em Psicologia com Endereço Ontopsicológico pela Universidade Estatal de São Petersburgo (Rússia). Especialista em Políticas Públicas em Gênero e Raça pela Universidade Federal de Santa Maria – UFSM (Rio Grande do Sul, Brasil). Pós-graduada em Psicopedagogia pela Universidade Castelo Branco (Rio de Janeiro, Brasil). Possui MBA Business Intuition pela Antônio Meneghetti Faculdade (Recanto Maestro, RS, Brasil) e MBA La Business Intuition Del Made in Italy pela FOIL Itália (Milão, Itália). Atuou na Antônio Meneghetti Faculdade como responsável pelo setor Responsabilidade Social, Coordenação Pedagógica e Ouvidoria. Autora de "Mulher: Aonde vais? Convém?" e “Contos de Alice”, fatos da vida real vivenciados por Maria Alice Schuch que ilustram sua pesquisa exposta em diversos eventos e congressos no decorrer dos últimos anos: Seminário FOIL São Paulo (Brasil, 2002); Faculdade de Psicologia da Universidade Estatal de São Petersburgo (Rússia, 2003); Congresso Internacional Ontopsicologia e Memética em Milão (Itália, 2003), que se encontra publicado na obra homônima, de Antônio Meneghetti. A pesquisa também abrangeu a participação da autora no International Congress Business Intuition, realizado em Riga (Letônia, 2004); no XXI Encontro Nacional dos Women’s Clubs em Canela (Brasil, 2006); no evento de premiação da Fondazione di Ricerca Scientifica ed Umanistica Antônio Meneghetti em Genebra ( Suíça, 2011). No encontro “Brasil do Milênio” realizado na sede do Conselho Econômico, Social e Ambiental da República Francesa em Paris (2012), a autora participou do grupo de pesquisa da Antônio Meneghetti Faculdade. E, ainda, no 41º Encontro da Sociedade Brasileira de Psicologia em Belém (Pará, 2012), ocasião na qual foi apresentado o Projeto Mulher do Milênio, grupo de estudos da Antônio Meneghetti Faculdade referente ao 3º Objetivo do Milênio da ONU: “Igualdade entre os sexos e autonomia das mulheres”.