Gestão do tempo: dá tempo de aprender?

0
140

Já disseram que o tempo é um dos bens mais preciosos das nossas vidas, afirmação que tem muitos pontos de vista.
Como sou uma dessas mulheres que não têm tempo a perder, vou logo abordando a teoria de que o tempo está passando cada vez mais rápido. Será?
Eu digo que não. O que temos vivido é uma época em que temos cada vez mais afazeres, mais coisas nas nossas vidas, a vida moderna exige cada vez mais de nós, tanto faz se somos líderes, empreendedoras, donas de casa, estudantes…
Temos de estar antenadas com as tecnologias, fazer cursos de capacitação, cuidar de nossa saúde mental e física, equilibrar a vida profissional com a pessoal.
Você já fez as contas de quanto tempo gasta diariamente com as redes sociais? Temos de estar em dia com as notícias em geral, mas também com as informações da família, dos amigos, dos colegas de trabalho. Saber as tendências de comportamento, de moda, de mercado de trabalho…
Bem, há uma vasta literatura sobre isso disponível no mercado. Mas ao longo da minha trajetória fui aprendendo a administrar o tempo, unindo a minha experiência com o conhecimento adquirido na leitura e com outras mulheres de negócios.
A primeira coisa que diria a você é que priorize suas tarefas. Sim, divida-as em ordem de importância e vá distribuindo no seu dia, se possível criando uma agenda diária, que pode ser impressa – hoje tem uns planners bem bacanas nas papelarias – ou digital. Então, de acordo com as prioridades, você pode deixar para o dia seguinte o que não conseguir realizar no mesmo dia e não ficará com sentimento de culpa.
A segunda dica é: seja disciplinada, não abra muitas exceções na sua agenda, porque isso derruba qualquer planejamento. Imprevistos acontecem, mas você deve resolvê-los permitindo o mínimo de estrago no seu cronograma.
A terceira dica: delegar. Sim, delegue tarefas, tenha uma rede de apoio. No trabalho, em casa, nos estudos. Na liderança, você não deve temer ensinar outras pessoas para que a ajudem e até substituam em caso de necessidade. Transmitir conhecimento é uma via de mão dupla e não ameaçam aquilo que você conquistou. Em casa, você será uma líder bem mais eficiente se os cuidados do lar e com os filhos a alguém em quem confia, a quem pode ensinar o que deseja. Se puder contar com familiares, talvez em ocasiões de emergência apenas, também lhe dará mais confiança.

Você certamente encontrará muitas formas de aproveitar o tempo sem perder tempo com o que não tem importância, mas o fundamental é que você se proponha a fazer somente aquilo que é capaz, assuma os compromissos que lhe deixarão um tempo para o lazer, para a convivência com os filhos, com os amigos, para praticar um esporte ou ter um hobby, e ainda para cuidar de sua saúde. Aliás, todas essas coisas fazem parte da saúde.
Como disse um sábio, quem não tempo de cuidar da saúde terá de arranjar tempo para cuidar da doença.

Para encerrar, deixo aqui uma dica que vem revestida a primeira vista de bom humor, mas analisando mais demoradamente você vai ver que ajuda: deixe a roupa, acessórios, sapatos que vai usar no dia seguinte já separados na noite anterior. Nesses tempos em que temos de sair de máscara, esse é mais um item que deve ser separado junto com as roupas e chaves do carro, se for o caso. Se você for como muitas mulheres, que se levantam, mas ainda não acordaram, isso vai ajudar bastante. Experimente. Um hábito novo muda tudo!

Um abraço,
Andréia Roma