Histórias de valor

0
128

As empresas costumam reservar uma área em seus websites para expor seus valores. Essa prática é extremamente válida, mas, pare para pensar, ter valores é uma coisa, no entanto colocá-los em prática e conseguir evoluir é um pouco mais complexo.

Talvez porque é difícil entender um valor. O jeito mais fácil é contar uma história que aconteceu no trabalho e que represente determinado valor.

Para facilitar a compreensão, veja que há dois tipos de valores, os fundamentais e os de desejo. O primeiro é aquele que surge naturalmente para nós, enquanto o segundo são os valores que ainda não temos, alvo de desejos que precisam ser constantemente lembrados.

Após definir quais são os valores fundamentais e os de desejo da empresa, o ideal é deixá-los acessíveis a todos em um “livro de cultura”. O formato pode ser variado, como um jornal, manual, cartazes ou slogans, o importante é que seja feito pelos funcionários para incentivá-los a compartilhar histórias de valores.

Quando os valores são transparentes eles permeiam a tomada de decisões e esse processo tende a ser cada vez mais rápido e automático.

#empreendimentos #empresas #estratégias

COMPARTILHAR
Artigo anteriorComo gerar identidade com a empresa
Próximo artigoHappiness Door como agente de transformação digital
Executivo de Tecnologia com MBA no MIT (Massachusetts Institute of Technology) em Transformação Digital. Nos últimos 20 anos atuando à frente da área de tecnologia de grandes empresas nacionais, ampla experiência na transição entre tecnologias e modelos de gestão. Inquieto na busca por conhecimento, ampliando horizontes pessoais e profissionais, amante da leitura e bons vinhos, continuo aprendendo.