Kelly Freire fala sobre como elevar a autoestima

0
519

Manter a autoestima elevada foi o tema de mais um vídeo impactante de Kelly Freire no YouTube, que com bom humor e carisma transmite conhecimento e transforma vidas. Ela é autora do livro “AMOR, PRAZER & FELICIDADE – Casamento pode dar certo!” e coautora de “Empreendedoras de Alta Performance”, ambos publicados com grande êxito pela Editora Leader, e criadora da Escola da Mente (http://escoladamente.com/).

Kelly diz que muitas vezes tem a impressão de que as pessoas buscam a autoestima fora, mas ela está bem perto da pessoa, aliás, dentro de cada uma. Ela fala sobre aprender com as experiências, para que se cultive a autoestima em níveis elevados.

Segundo ela, a autoestima impacta e afeta todos os setores da vida das pessoas. E define autoestima como uma opinião favorável à própria pessoa e não está restrita ao aspecto físico, mas também ao intelectual, social, espiritual, é tudo aquilo que a pessoa pensa sobre si mesma.

A autoestima, afirma Kelly, vai oscilar durante a vida e depende das experiências de cada um, sejam ruins ou boas. E afirma que podemos transformar as experiências dolorosas em buraco ou em degrau, é uma decisão pessoal. Mas quem aprende se desprende do sofrimento.

Ela lembra sua experiência pessoal dolorosa, ao terminar o terceiro casamento, como razão para as mudanças de valores e de comportamento e o relacionamento atual é de sucesso, porque tem longevidade, felicidade, e como coach ajuda as pessoas a terem relacionamentos mais saudáveis. “Eu troquei a arquitetura da construção pela arquitetura da mente humana e hoje sou coach, palestrante, escritora”, conta. Ela fez uma série de mudanças que a ajudaram e possibilitaram que ajudasse outras pessoas, mas para isso precisou aprender com sua experiência. E propõe que as pessoas analisem o que estão passando e pensem o que podem aprender: a serem mais tolerantes, mais objetivas, terem mais foco, serem mais bem-humoradas, acreditarem mais nas pessoas, acreditarem mais em si mesmas.

“Quem aprende se desprende do sofrimento e mais: cultiva a sua autoestima, o que é fantástico, porque quanto mais preparada a pessoa estiver para uma experiência que não foi a contento, não foi legal, melhor para a autoestima, porque menos ela vai se desestruturar, quanto mais preparada mais fácil para resgatar a autoestima”, ressalta.

Se quiser ver o vídeo completo acesse https://www.youtube.com/watch?v=LiUafewhs-g