Mercado de ações. Fortes emoções!

0
212
Forex Trade Graph Chart Concept

A ideia de trazer o tema vem do momento bastante nervoso que os mercados nacionais e internacionais têm vivenciado no último mês, em especial o de ações no Brasil. Sem a pretensão de argumentar sobre as causas desse cenário, o importante é ter uma visão geral do mercado de ações e se atentar às particularidades antes de se aventurar nesse caminho.
Vamos começar pelo básico! Ação é um ativo financeiro (título) que representa uma fração do capital social de uma empresa S.A. que tem seu capital aberto na bolsa. Você pode adquirir ações ordinárias (direito de participar das decisões e da gestão através de voto em assembleia) ou preferenciais (sem direito a voto, porém com privilégios e vantagens diferenciadas, por exemplo, prioridade no recebimento de dividendos). A parte boa é que se tornar sócio de uma empresa garante a todos os acionistas o recebimento dos chamados proventos, que são os dividendos, os juros sobre capital próprio e as bonificações. Por outro lado, há riscos não relacionados à ação em questão. Este é ponderado e mitigado pela avaliação prévia sobre a condição econômico-financeira da empresa e sua perspectiva de perpetuidade.
A dificuldade está na imprevisibilidade dos riscos de “mercado ou sistemático” e “liquidez”. O primeiro decorre da flutuação dos preços e afeta o mercado como um todo e não apenas algumas ações e o segundo se materializa quando o investidor não consegue se desfazer do ativo no momento desejado.
As negociações acontecem no ambiente da B3, que atua como contraparte central garantidora, e são operacionalizadas através de corretoras ou bancos. Não é fácil conhecer todas as nuances desse mercado e acompanhá-lo de forma recorrente. Se deseja investir em ações, independentemente do perfil, apetite a risco, prazo e retorno desejados, recomendo fazer uso de especialistas para a formação de uma carteira diversificada em termos setoriais e composta por ações de empresas de baixo risco e boas pagadoras de dividendos. Fundamental nesse jogo é limitar a perda possível e, portanto, alocar um montante de recursos que não precise usar por um bom tempo.
Procure aprender mais sobre o mercado acionário antes de desbravá-lo. Memorize as palavras incerteza e surpresa – serão eternas companheiras nessa jornada!

(Business photo created by rawpixel.com – www.freepik.com)

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGestão do tempo: dá tempo de aprender?
Próximo artigoDescubra sua força e prospere!
É executiva em Finanças com 35 anos de experiência na liderança de áreas de Crédito e Riscos de Atacado e Varejo. Atuou em grandes Bancos como Santander, BankBoston e Votorantim. Cursei Administração de Empresas, com MBA em Finanças pelo INSPER. Também é formada em Conselho de Administração pelo IBGC e Investidora Anjo e membro de Conselho Consultivo em startups. Brasileira, 50+, casada, dois filhos.