Netweaving

0
458

Relacionamentos são a alma de qualquer negócio. Em minhas publicações, palestras e entrevistas, algo que jamais deixarei de mencionar é o poder do Networking, ou como costumo falar hoje, Netweaving, por ter um significado mais altruísta e sincero.
Em todas as interações sempre haverá duas partes interessadas e, para identificarmos os interesses, temos que fomentar os relacionamentos, inclusive se tratando de movimentações de carreira.
O Netweaving é responsável por 70% das contratações, o resto é dividido entre LinkedIn e recrutadores, mas como de fato fomentarmos e realizarmos essas interações?
Em meu mundo de recrutamento, ouço todos os dias dos executivos com quem converso, empregados ou não, que eles não praticam por não terem tempo, ou que o praticam somente para fins profissionais e se arrependem por não terem dedicado mais tempo a isso.
Na verdade, nunca é tarde para se começar e além disso, sim, todos temos tempo para fazê-lo diariamente.
Se contabilizarmos o tempo que dedicamos a conversas sem propósito com nossa equipe, intervalos para um cafezinho, tempo gasto em redes sociais e dedicarmos uma parcela disso para novos relacionamentos, podemos perceber que temos tempo de sobra para conhecermos pelo menos uma pessoa nova por dia.
Que tal investirmos meia hora, todo dia após o almoço, para iniciar uma nova conexão? Por que não enviar um convite agradável, isento de interesses, para aquela pessoa que vimos em uma reportagem, ou que admiramos, ou aquela que trabalha num segmento que não conhecemos, para simplesmente conhecer sua história?
Será que aceitarão assim um convite de um desconhecido? Não custa tentar! As pessoas estão muito mais dispostas a conversar conosco do que imaginamos. Então, mãos à obra, vamos conhecer novas pessoas, conhecer mais profundamente nossos clientes e fornecedores, mesmo na nossa roda de amigos, sabemos o que cada um deles tem realizado em sua vida profissional?
Conhecendo novas pessoas seremos automaticamente conhecidos e as portas estarão sempre abertas a oportunidades.