Pare. Olhe. Escute.

0
349

Esta coluna foi “encomendada” por uma amiga querida que é profissional da Educação há mais de 35 anos e, portanto, testemunha direta das mudanças de comportamento nesse tempo. O pedido dela foi para que eu abordasse a angustiante e crescente dificuldade de escutar e ser escutado.

Não é recente a percepção de que em nossas conversas rotineiras ouvimos com pouca atenção, muitas vezes só até achar um momento para interromper o interlocutor e tomar o turno de fala – algo corriqueiro em nossa cultura.

E isso vem recrudescendo significativamente, sobretudo após o advento das mídias sociais e da profusão de demandas por nosso tempo e concentração. Parece-nos cada vez mais difícil silenciar a cacofonia do cotidiano e efetivamente ouvir o outro.

Estamos submersos em nós mesmos. Em nossos preconceitos, pré-julgamentos e certezas ilusórias. Em intolerância ao diferente e ao divergente. Em “ladrões de atenção” que nos cercam. Com isso, acabamos por ouvir somente fragmentos superficiais de falas. Sujeitamo-nos a pseudodiálogos que nos deixam ao mesmo tempo cansados de ouvir parcialmente e de tentar falar compulsivamente. E assim seguimos famélicos por alguma forma de zelo e conexão verdadeira.

Para nos libertarmos dessa condição, proponho um exercício muito simples, que você pode começar a fazer agora mesmo: ouça atentamente os sons ao seu redor e busque silenciar os que atrapalham. Isso. Agora, um passo adiante: converse com alguém do seu convívio – presencialmente ou a distância – e faça um esforço deliberado para escutar sem interromper, somente demonstrando interesse e refletindo, como gostaria que fosse feito com você. Ótimo. Sentiu como a experiência é bem mais gratificante?

Controlar a ansiedade na interação é um desafio, mas, ao fazer desse exercício uma prática regular e consciente, um belo dia você vai notar que aquele cansaço deu lugar a uma sensação de paz que o ruído obstruía – e de quebra vai construir relacionamentos muito mais valiosos… Parece uma boa troca, não é?

PARA SABER MAIS

Escuta Ativa
https://exame.com/carreira/sabe-o-que-e-escuta-ativa-a-tecnica-vai-melhorar-sua-vida-profissional/

Escuta Empática

Escuta empática: um exercício de ouvir com o coração

Senta Aqui. Conversa Comigo.
https://pt-br.facebook.com/sentaaquiconversacomigo/

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPlaneje seu futuro! Programe sua Previdência.
Próximo artigoOs Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis e o Pacto de Promoção da Equidade Racial
Tem formação em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem e experiência de mais de 30 anos em Educação, cerca de 20 deles como executivo na área. Atua também na liderança de associações profissionais. É autor, palestrante, consultor, conselheiro de administração e professor. Vê a Educação como o caminho mais democrático e eficaz para que pessoas e sociedades atinjam seu melhor potencial.