Será que é hora de ter mais uma rede social? Vamos entender um pouco do CLUBHOUSE

0
267
SONY DSC

Clubhouse é um termo em inglês que significa “local público onde se realizam atividades em grupo, apoio social, informações de uso público, entre outros”.
Agora, com base no mesmo princípio, nasce uma rede social com o mesmo nome. CLUBHOUSE, um ambiente de salas de bate-papo por voz onde uma parte das pessoas participa de um debate sobre um tema e outra grande parte fica como ouvinte.
Em março de 2020, dois empreendedores do Vale do Silício lançaram o conceito para um grupo restrito de pessoas, atingindo 1.500 usuários em maio do mesmo ano. Baseado no princípio de “sucesso por escassez”, o aplicativo funciona por distribuição de convites que estão atrelados à rede de contatos do usuário (sim, existe um serviço de inteligência artificial que ajuda a definir quem recebe mais ou menos convites). Outra estratégia interessante é a disponibilidade do app, pois apenas iPhones são bem-vindos neste momento.
O app lançado em março/2020 explodiu nas últimas semanas, depois que o empresário Elon Musk criou no Clubhouse uma sala de áudio com o CEO da Robinhood, Vlad Tenev. O evento estourou todos os limites de participantes, elevando o número de usuários a mais de 2 milhões e fazendo com que o app esteja hoje avaliado em U$ 1 bilhão. A onda enorme de convites para aderir à rede chegou ao Brasil de forma intensa.
Para quem está na dúvida quanto a aderência, vou ajudar com algumas ponderações:
 aceite o convite – é a melhor forma de não ficar fora de uma provável nova revolução;
 desligue as notificações do app – o conteúdo é tão intenso que você pode receber cerca de 200 notificações em uma hora, dependendo dos seus interesses;
 use a busca do app – para procurar pessoas ou clubes com assuntos que façam sentido e foque neles.
Dessa forma, você passa a fazer parte sem que ela consuma tempo de você e garantindo oportunidades interessantes, como: participar de salas de conversa ao vivo com 80 CEOs, bate-papo com medalhistas olímpicos ou salas com ícones do marketing digital.
E quando você se sentir pronto, use a função “Raise you Hand” no canto direito inferior da sala para pedir para participar da conversa e dar a sua opinião.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorVocê sabe com quem está falando?
Próximo artigoA ‘Arte’ da Transformação
Empreendedor e gestor de empresas nas áreas de marketing digital, controle de acesso em nuvem, climatização e renovação de ar, locação de equipamentos, comércio varejista e alimentos, sempre colocando a tecnologia como ferramenta na solução de problemas. Engenheiro Mecânico formado na Mauá, pós-graduado pela FGV e com MBA pelo IPT-USB, estuda nichos e busca oportunidades para fornecer ao mercado inovações tecnológicas que os tornem mais eficientes e produtivos.