Você é Multifunção?

0
265

Estes dias fui surpreendida com elogios de algumas pessoas muito especiais e fiquei feliz porque elas estavam comentando o fato de eu participar de uma reunião on-line entre amigas e me exercitando no step, dentro da minha casa. Aliás, tenho associado com a leitura, WhatsApp, ver um filme, tomar água ou conversar com amigos. Cada indivíduo é único e respeito, apenas compartilho o que mantém meu cérebro ativo, me traz felicidade.

Então eu vou contar uma coisa para vocês, eu adoro aproveitar o meu tempo, amo ter a sensação de ser produtiva, útil e fazer as coisas que precisam ser feitas. Muitas atividades que temos na vida não gostamos de fazer, mas aí entra a disciplina. Motivação temos quando amamos o que precisa ser feito.

Como eu tenho um objetivo bastante agressivo para os próximos meses com relação ao meu corpo, então eu decidi que tudo, absolutamente tudo que eu puder fazer para encaixar no meu dia a dia, eu vou fazer. Com isso, eu acabo que, diariamente, consigo entregar uma parte do todo. Até quando vai isso? Esta resposta eu não sei. Qual é o todo? Essa eu sei, 60 kg! E confesso, ainda estou um pouco longe deste número.

Mas voltando à questão da produtividade, quantas ações podemos tomar simultaneamente? O ser humano é absolutamente fantástico e nada o supera, quando está determinado. Tenho certeza de que pode todos nós podemos ser multifunção.

Em tempos de home office, avalie a possibilidade de fazer o que precisa ser feito do seu trabalho e associe, por exemplo, um alongamento ou simplesmente ficar em pé. O corpo gosta e precisa de movimento. A gente precisa olhar para este tema com carinho, porque a idade passa e quando você se percebe, por exemplo, com algumas dores, que já não consegue mais fazer determinado movimento, a energia que você tinha antes não tem mais, que já não consegue subir escadas com a facilidade de anteriormente, todas estas coisas são indícios de que você, urgentemente, precisa colocar foco na saúde do seu corpo.

Ele é perfeito, funciona como um relógio e como tal pode ser que precise que dê corda, a bateria fique fraca ou que tenha de carregar. Qualquer que seja a estrutura de corpo que você tem hoje, se não cuidar dele, fatalmente vai precisar fazer muitas coisas que vão custar caro para mantê-lo sadio no futuro.

Faça pequenos movimentos no dia a dia que vão mostrar ao seu corpo o quanto você se preocupa com ele, o quanto é importante para você. Ao final de cada noite, faça uma massagem nos seus pés, foram eles que o sustentaram durante todo o dia. Agradeça por tudo aquilo que tem e que você possa pedir clareza a Deus para saber e ter a noção do quanto é grato pela vida que tem.

Aprecie sua vida, aproveite seu dia e deguste seu momento.

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEstilos de aprendizagem 
Próximo artigoO segredo do sucesso do Google
Administradora de Empresas, MBA de Tecnologia da Informação pela FGV e formação de Personal & Professional Coaching pela SBC. Mais de 20 anos de trabalho em empresas de grande porte e com experiências diversificadas, como gerenciamento de operações, desenvolvimento de negócios, comunicação, vendas, marketing e alianças. Executiva de Marketing. Escritora no livro Mulheres do Marketing, da Editora Leader, e colunista no Jornal Leader.