“Contos de Alice”, uma reflexão sobre a condição feminina

0
599

“Amar a si mesmo, este é o segredo! Como posso amar os meus amigos, dar conselhos e ensinar se não sei aquilo que me faz feliz, saudável, ativa, grande?” Em trechos como este, a autora Maria Alice Schuch dá a oportunidade a seus leitores de refletir sobre a condição feminina, como ela mesma diz, depois de milênios de inferioridade social e econômica a que as mulheres se submeteram, tomando como base a tipologia do adulto mãe aprendida na infância.

“Contos de Alice, storytelling para formação de líderes” traz em cada capítulo a própria vivência de Maria Alice, que aproveita suas experiências para analisar o comportamento, crenças, valores das mulheres no contexto atual de maneira suave, com saber e sabor. Esses fatos ilustram sua pesquisa, exposta em diversos eventos e congressos nos últimos anos, no Brasil e no Exterior.

É uma leitura agradável sobre todos os assuntos que interessam às mulheres: a educação dos filhos, o casamento, o romance, liderança, escritos com a competência dessa reconhecida pesquisadora do universo feminino.

Em resumo, Maria Alice nos mostra que o modo feminino de ser, agir e realizar depende da flexibilidade que a mulher trabalha dentro de si a partir do empoderamento que busca para as suas realizações profissionais, afetivas e pessoais.