Solidão Corporativa

0
306

Olá, aqui é Marli Arruda em mais um cotidiano do empreendedor para você.

Lembro a todos que tenho vinte anos de experiência como psicóloga empresarial em empresas de diversos seguimentos.

E hoje eu vou falar sobre solidão. Achou estranho este tema, dentro deste contexto empresarial? Pois é.

Você já ouviu falar do líder solitário? Quem é gestor de equipe, proprietário de uma empresa, passa por um processo dolorido muitas vezes de solidão. Ou seja, não tem com quem compartilhar seus medos, suas dúvidas e seus receios. Porque você já está na posição de dono do negócio, de líder as pessoas esperam de você soluções, decisões, que você seja uma pessoa forte, coerente e decidida, uma pessoa que não erra, que sabe todos os pontos e características do negócio. Enfim, você é tido, visto como um líder.

Só que você é um ser humano e como qualquer outro tem seus medos, suas dúvidas, suas frustrações e seus anseios. E como compartilhar esses sentimentos com as pessoas que não enxergam, não observam que você também sente tudo isto?

Então você vive muitas vezes no casulo, com medo de desabafar, de falar e às vezes nem é bom, dependendo pra quem ou com quem e de que forma isto é visto, é interpretado na empresa. Então você acaba tomando decisões, muitas vezes sozinho, na sua carreira, na sua empresa e assumindo as consequências delas. Algumas vezes dá certo, outras não. Algumas empresas até vão à falência porque o líder e o gestor não souberam tomar decisões adequadamente ou não compartilharam essas posições. Enfim, fica tudo muito difícil de digerir, de trabalhar a empresa.

Como você tem, como eu, como qualquer um de nós, todos temos estas questões, é muito importante você ter com quem compartilhar. Você ter alguém para trocar ideias. E este trocar de ideias não é de uma forma intelectual: – Estou querendo… Fazendo… O que você acha?” Isto você vai achar em qualquer lugar, em qualquer pessoa. Eu estou dizendo trocar ideias, no sentido de você tentar expor os seus medos, suas dificuldades mesmo como gestor. As suas inseguranças, porque isto é natural, todos nós temos. Mas quando uma pessoa está em uma posição de destaque na sua carreira ou na sua empresa, é mais difícil expor esta questão.

Então escolha uma pessoa como mentor, alguém com quem você consiga desabafar. Colocar realmente aquilo que você sente em relação aos seus negócios, a sua empresa. Isto vai ajudá-lo, vai ampliar sua mente. Porque esta pessoa, neutra de preferência, pode lhe dar sugestões, ela pode lhe dar ideias que você nem estava imaginando. Isso é muito bom. Não tenha medo de dizer:

– Também não sei.

– Não Posso.

– Tenho medo.

Não tenha receio disso, faz parte. E quando você consegue se colocar desta forma, automaticamente, inconscientemente está crescendo como pessoa e como profissional.

Então não deixe que os negócios, a vida corporativa engula estes sentimentos inerentes a qualquer ser humano. Faz parte! Todos nós temos e somos assim.

Saber administrar e lidar com isso é o que faz realmente um empreendedor e um líder ser diferenciado naquilo que ele faz. Sendo um ser humano, isto é muito importante.

Solidão corporativa. Solidão na liderança, onde você está. Como você está.

Escolha alguém para conversar.

Eu sou Marli Arruda.

A vida é da cor que a gente pinta.

E eu quero ajudar você a colorir um pouco mais os seus negócios.

Tchau e até a próxima.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGentileza gera Gentileza
Próximo artigoCriatividade nos negócios
Psicóloga, master coach e palestrante com temas comportamentais, atua há mais de 20 anos com assessoria empresarial em gestão de pessoas, desenvolvendo projetos e implantando novas diretrizes de trabalho. Iniciou sua carreira na empresa Shell Brasil S.A.; após formada em Psicologia tornou-se consultora de negócios, aliando conhecimento de gestão corporativa com desenvolvimento de pessoas. Foi coordenadora editorial da obra “Networking & Empreendedorismo”, da Editora Leader. É membro do BNI (Business Network International). Escreve artigos sobre comportamento para algumas revistas com foco em gestão de pessoas, é coautora do livro “Os segredos do sucesso pessoal e profissional – marketing aplicado aos relacionamentos”, da editora Ser Mais.