Pequenos ou grandes sóis, nascemos para brilhar

0
1376
"A grande vida nos faz belas, sadias e imaculadas"

Por Alice Schuch*

Momento feliz!

Da minha sacada contemplo o sol que nasce com o brilho de sempre e seus raios que se espalham no horizonte como olhos de luz para todos aqueles capazes de vê-lo, senti-lo, amá-lo, gozá-lo.

Inefável criatura, todos os dias, inclusive domingos e feriados, ele brilha sem jamais cansar-se, é atração fatal, constante alegria, intenso calor que envolve todos os seres: vivos porque ele existe.

É amigo da vida. Sem queixas, julgamentos, críticas ou cobranças, apenas mostra-se e ao fazer-se ver proporciona luz, calor, aconchego, beleza, alegria. Experimenta-se continuamente, não disputa, não concorre, é ato criativo, investe seu potencial em vivaz colaboração: é sol, seu prazer é brilhar, seu trabalho é iluminar.

Amado, cantado, exaltado, não varia seu comportamento pelos aplausos que recebe: é sol, sabe aquilo que é e desenvolve o seu projeto. Como um grande psicólogo ou sociólogo vai fazendo seu trabalho, distribuindo alegria, conforto, aconchego, luz para todos e para cada um individualmente.

O real ensinamento que o sol nos traz é que também nós, mulheres líderes, se não nos colocamos a contrastar, a julgar, a criticar podemos reconhecer a parte boa do outro, o que ele sabe fazer e ainda, quando formos mais indulgentes com nós mesmas, perceberemos que a grande vida nos faz belas, sadias e imaculadas: pequenos ou grandes sóis, nascemos para brilhar!

*Alice Schuch é palestrante e pesquisadora do universo feminino

COMPARTILHAR
Artigo anteriorObras de Hermes Santos estarão no Open Day do IED
Próximo artigoAndréia Roma estará dia 8 no 2º Congresso Brasileiro de Transformação (CE)
É brasileira, doutora em Ciências da Educação - Universidad de Desarrollo Sustentable - UDS. Mestre em Ciencias del Educación pela Universidade Del Mar (Chile). Especialista em Psicologia com Endereço Ontopsicológico pela Universidade Estatal de São Petersburgo (Rússia). Especialista em Políticas Públicas em Gênero e Raça pela Universidade Federal de Santa Maria – UFSM (Rio Grande do Sul, Brasil). Pós-graduada em Psicopedagogia pela Universidade Castelo Branco (Rio de Janeiro, Brasil). Possui MBA Business Intuition pela Antônio Meneghetti Faculdade (Recanto Maestro, RS, Brasil) e MBA La Business Intuition Del Made in Italy pela FOIL Itália (Milão, Itália). Atuou na Antônio Meneghetti Faculdade como responsável pelo setor Responsabilidade Social, Coordenação Pedagógica e Ouvidoria. Autora de "Mulher: Aonde vais? Convém?" e “Contos de Alice”, fatos da vida real vivenciados por Maria Alice Schuch que ilustram sua pesquisa exposta em diversos eventos e congressos no decorrer dos últimos anos: Seminário FOIL São Paulo (Brasil, 2002); Faculdade de Psicologia da Universidade Estatal de São Petersburgo (Rússia, 2003); Congresso Internacional Ontopsicologia e Memética em Milão (Itália, 2003), que se encontra publicado na obra homônima, de Antônio Meneghetti. A pesquisa também abrangeu a participação da autora no International Congress Business Intuition, realizado em Riga (Letônia, 2004); no XXI Encontro Nacional dos Women’s Clubs em Canela (Brasil, 2006); no evento de premiação da Fondazione di Ricerca Scientifica ed Umanistica Antônio Meneghetti em Genebra ( Suíça, 2011). No encontro “Brasil do Milênio” realizado na sede do Conselho Econômico, Social e Ambiental da República Francesa em Paris (2012), a autora participou do grupo de pesquisa da Antônio Meneghetti Faculdade. E, ainda, no 41º Encontro da Sociedade Brasileira de Psicologia em Belém (Pará, 2012), ocasião na qual foi apresentado o Projeto Mulher do Milênio, grupo de estudos da Antônio Meneghetti Faculdade referente ao 3º Objetivo do Milênio da ONU: “Igualdade entre os sexos e autonomia das mulheres”.