Investir em pessoas é investir no Poder

0
200

Falamos muito sobre o poder das pessoas, o poder da marca humanizada, o poder das experiências centradas no cliente. Mas, estamos falando com seriedade sobre o que é esse poder?

Quem me conhece sabe que sou apaixonada por estratégias humanas de hospitalidade. Gosto de encontrar pessoas interessantes dentro e fora da minha área de trabalho. Gosto de pessoas que fazem a diferença na minha vida e na vida de outras pessoas. Eu acredito que investir em pessoas ainda é o melhor negócio.

Independentemente da área de atuação, os negócios, empresas e organizações em geral têm um elemento comum: todas são formadas por pessoas, que compõem sua equipe humana e profissional. Recursos técnicos, tecnologia e infraestrutura são importantes, mas, em última análise, são as pessoas que constroem o progresso e grandes realizações. São elas que tomam as decisões. São elas que têm o poder.

Quando eu trabalhava em hotéis e tinha que entrevistar os estagiários para o meu departamento, muitas vezes eu perguntava: “Qual é o seu poder?” Hoje atuando como mentora de pequenos hotéis eu ainda faço a mesma pergunta… se eles sabem qual é o poder deles, a superpotência que os torna diferentes, que deixa um legado.

Investir em pessoas é investir no poder, é dar poder para treinar, aprender e fortalecer as relações. Aprendi, e aprendo, com as pessoas que cruzam o meu caminho a exercitar esse poder e promovê-lo para outras pessoas. Empresas que apostam na diversidade do poder e na inclusão dialogam melhor com o mercado em todas as suas camadas. Criam relações poderosas com o coletivo.

Todos nós temos o poder de algo, de desenhar, de criar, de comunicar …

A área da hospitalidade precisa investir em pessoas o tempo todo, pois são elas que têm o poder de encantar, de surpreender o hóspede.

Esse é o “poder” em que acredito que cada pessoa tem. E você, sabe qual é o seu poder? O poder da sua equipe? O poder da sua marca? O poder do seu cliente?

COMPARTILHAR
Artigo anteriorNÃO SOU EU QUE ESTOU FALANDO, É O POVO.
Próximo artigoMaturidade em diversidade e inclusão?
É hospitality insider, empreendedora e mentora. Trabalha com profissionais e negócios de hospitalidade na entrega de novas experiências. Sua jornada inclui passagens pelas redes Intercontinental e Hilton, além de conhecimento nas áreas de marketing, eventos e mercado de luxo. Mora na Espanha e tem um projeto de experiências de viagens na região da Galicia chamado Slow Travel Life. Site: www.hospitalidadequemove.com