Quanto vale o seu negócio?

0
188

Para alguns a definição de valor do seu negócio se dá na medida de seu pró-labore, que é o valor que o dono ou sócio de uma empresa recebe pelo tempo e esforço dedicado ao empreendimento.
No contexto empresarial a definição do valor do seu negócio, normalmente, se dá pela cuidadosa avaliação de informações econômico-financeiras (Oferta & Demanda, aspectos históricos e patrimoniais, projeções futuras de crescimento e de geração de caixa, demonstrações financeiras e potenciais do mercado), e a motivação econômica sob as ópticas de venda, fusão ou expansão para a realização do negócio.
No que tange à venda, os principais motivos que determinam a tomada desta decisão são: inexistência de sucessores, a mudança de estilo de vida e dos planos dos proprietários, atingimento do pico de crescimento do negócio nas mãos destes proprietários ou mesmo a má situação econômica da empresa.
Por outro lado, são justificativas sólidas para a avaliação de fusões empresariais: a consolidação de um determinado mercado, a criação de barreiras ao ingresso de competidores, a utilização de sinergias entre as empresas, a inclusão de novos produtos ou tecnologias, a expansão para outros territórios e, obviamente, o aumento dos resultados financeiros.
Todavia, o melhor uso que se pode fazer através do cálculo do valor do seu negócio é o de realizar um planejamento de estratégias futuras. A elaboração do valor do seu negócio exige a revisão das premissas utilizadas em planejamentos passados, o estudo dos fatores macroeconômicos que influenciam a atividade da empresa, o dimensionamento dos potenciais investimentos em equipamento e infraestrutura, além da elaboração de metas futuras para a definição de novas premissas que serão utilizadas para a projeção dos novos resultados esperados em períodos determinados.
Aposte na constante reavaliação do valor do seu negócio. Você é uma pessoa muito especial. Etimologicamente somos a culminação de mais de dois bilhões de anos de vitória na batalha pela sobrevivência. Herdamos de nossos antepassados um vasto reservatório do passado com todas as habilidades e poderes potenciais de que precisamos para alcançar nossos objetivos pessoais e profissionais.
Empreender envolve a superação da combinação entre dificuldades constantes para as quais nascemos prontos; e dos desafios diários com os quais aprendemos a lidar fazendo uso das ferramentas intelectuais acumuladas ao longo dos anos, das experiências dos erros e acertos que vêm com o tempo e da disciplina de criar e gerar valor com os nossos negócios.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPor que os processos são importantes?
Próximo artigoA importância do Plano B
Administrador de Empresas com MBA pela Universidade de Pittsburgh e formação em Finanças. Mais de 25 anos de trabalho em empresas multinacionais de grande com vasta experiência executiva em Finanças, Logística e Comércio Exterior. Consultor Empresarial, coautor do livro Histórias de Sucesso 2, editora Global Partners. Natural de São Paulo, amante de música, viajar e trocar experiências.