Sororidade: vamos incluir no nosso vocabulário?

0
158

Por que essa proposta? Bem, em primeiro lugar porque os dicionários clássicos ainda não incorporaram a palavra. E o segundo motivo é que ela envolve um movimento, a meu ver, muito positivo, que colabora para um mundo melhor.
Mas, afinal, o que é sororidade? Oriunda do latim “soror”, que quer dizer irmã, sororidade é usada para definir a união entre as mulheres. Diferentemente de outras manifestações, com outros vieses, que também têm seu papel relevante em outras reivindicações femininas, a sororidade envolve empatia, solidariedade real, apoio em situações que as mulheres enfrentam. A sororidade deixa de lado a competitividade e, por outro lado, não propõe uma batalha contra os homens. Ao contrário, o espírito é de união, de conquistas pelo valor individual, seja homem ou mulher.
Quando e como a sororidade acontece? Desde as ações mais simples, no dia a dia, quando você ajuda uma amiga que está precisando de uma orientação na vida pessoal ou no trabalho, quando manda o currículo de outra que está procurando se recolocar no mercado, até fazer parte de organizações que incentivam o empreendedorismo feminino, ou que reúnem mulheres para debater como a mulher deve conduzir sua carreira, como encarar o desafio de ser multitarefas, de envelhecer ativa e dona da sua vida e das suas escolhas.
Que vivemos um tempo em que as transformações são muitas e muito rápidas, todas sabemos. Agora, como enfrentar as mudanças e ainda sermos boas profissionais, boas companheiras, boas mães, boas filhas, boas irmãs e ainda estar sempre bem arrumadas, cheirosas e saudáveis? Bem, praticando a sororidade já vai ajudar muito. Incentive, apoie as mulheres a sua volta e jamais as julgue.

Sororidade, pra mim, é acima de tudo amorosidade.